Embaixada de Portugal no Peru

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Mensagem do Embaixador

embaixador

Em 1853, trinta e dois anos após a proclamação da independência do país pelo General José de San Martin, Portugal e o Peru estabelecem relações diplomáticas assinando em Washington um Tratado de Comércio e Navegação. Em 15 de novembro de 1945, alguns meses após a rendição da Alemanha na 2ª Guerra Mundial, o primeiro Ministro Plenipotenciário português residente em Lima, António José Alves Júnior, apresenta as suas credenciais ao Presidente da República do Peru. Desde então, sucederam-se, sem interregnos, os Embaixadores portugueses acreditados neste país. É para mim um grande prazer e uma honra ser o atual representante desta já longa linhagem, tendo apresentado as minhas credenciais ao Presidente Pedro Pablo Kuczynski no dia 31 de janeiro de 2018.

À semelhança dos meus antecessores no cargo, tudo farei no sentido de aprofundar e fortalecer as relações, já de si excelentes, entre os dois países, tanto a nível político como nas áreas económica e cultural, não deixando naturalmente de prestar o devido apoio à comunidade portuguesa residente ou aos nacionais que se encontrem de passagem por esta região. É um trabalho sem fim ao qual espero dar a minha modesta contribuição.

Colocar o relacionamento bilateral num patamar superior é o objetivo pretendido, como não poderia deixar de ser.

Conto com a ajuda de todos.

Afonso Henriques de Azeredo Malheiro
Embaixador de Portugal no Perú